A skater mais rápida da Áustria tem deslizado pelas estradas da Ericeira

 

Fotografia: DR

 

Recentemente, a skater mais rápida da Áustria, que reside na Ericeira há cerca de um ano, concedeu uma entrevista ao site Ericeira Living. Anna Pixner tem participado no Campeonato Mundial e está a lutar pelo seu sonho e por aquilo que mais gosta de fazer.

Quando começou a fazer skate e a descer colinas à velocidade da luz “encontrou o seu lugar no mundo”. Hoje, ao fim de dez anos, é considerada uma das melhores a nível global nesta modalidade e procura “alcançar as estrelas, fazer acontecer e inspirar outras pessoas a pensar o mesmo”.

Anna procura ‘alcançar as estrelas e fazer acontecer’

Apesar da confiança suprema nestas situações de alta pressão e alta adrenalina, Anna Pixner é surpreendentemente tímida. No entanto, a skater de downhill está determinada a mostrar ao mundo o seu trabalho e um bocadinho mais sobre si. O seu objectivo actual é atrair patrocínios que a apoiem a completar a digressão mundial.

A skater publicou, recentemente, a sua história no livro “With own Power”, ao lado de outras cinco desportistas radicais, filmou com o cineasta Octavio Scholz, da Ericeira, e o produtor Jaz Levis para fazer um curta-metragem que conta sua história e tem colaborado com projectos locais, como a comunidade Ocean Sisters.

quero inspirar as pessoas a sair da sua zona de conforto

“Anna Pixner, a acelerar para as estrelas e a fazer acontecer.” O que isso significa para ti?

Significa que estou a aprender a mudar o meu foco dos obstáculos para o prémio e a estabelecer metas mais altas, trabalhando para alcançá-las, sem me esquivar ou esconder.

No entanto, nem sempre foi assim. No passado, não importa o quão bem fizesse algo, costumava pensar que ainda precisava de melhorar antes de poder “colocar a cabeça acima do parapeito”.

a vida estava a acontecer enquanto eu adiava a realização dos meus sonhos

Felizmente, percebi que não tenho mais tempo a perder a ser uma perfeccionista tímida escondida nas sombras. A vida estava a acontecer enquanto eu adiava a realização dos meus sonhos. Então, arregacei as mangas e meti mãos à obra.

Qual é o teu sonho e de que forma estás a tentar realizá-lo?

O meu sonho é andar de skate a tempo integral. Não há mais nada que eu prefira fazer agora. Então, decidi investir toda a minha energia para que isso aconteça.

Neste momento, estou a trabalhar para encontrar um patrocínio que me permita concluir a digressão do campeonato mundial. Participei parcialmente no passado, mas nunca consegui completá-la porque não tinha um patrocinador para cobrir os custos.

decidi investir toda a minha energia para realizar o meu sonho

O que inspirou Anna Pixner a alcançar as estrelas?

Sofri um acidente grave, há alguns anos, o que tem sido óptimo para colocar as coisas em perspectiva. O acidente aconteceu longe de casa, quando deslizava por uma estrada no deserto de Israel. Bati num corrimão, parti duas vértebras, quatro costelas e danifiquei um pulmão. Não sabia se ia sobreviver e andar de skate novamente e dependia completamente da ajuda de estranhos para superar isso.

Desde que isso aconteceu, não só estou de volta ao skate com mais compromisso do que nunca, mas também mudei de ideias sobre mostrar o que faço em público e sobre os meios de comunicação social.

sofri um acidente grave que mudou a minha perspectiva das coisas

E como te sentes em compartilhar a tua história e inspirar os outros?

Inicialmente, não via sentido em compartilhar a minha história, as minhas habilidades e os meus pensamentos. Não acreditava que poderia ser uma inspiração para alguém, porque não tinha confiança suficiente em mim.

Mas depois de ver com que rapidez e facilidade deslizava e que a minha vida poderia ter acabado, liguei o ‘reset‘. De repente, não havia tempo a perder a ser excessivamente crítica, a esconder-me das pessoas e a dizer que não às oportunidades. Estou bem ciente disto agora.

de repente, não havia tempo a perder

Hoje em dia, quero conectar-me com as pessoas e inspirar outras que possam estar a passar por desafios semelhantes. Quero inspirar as pessoas a acreditar nas suas habilidades, a ver o seu valor e a apreciar o seu próprio corpo e mente, mesmo que estes não estejam em conformidade com os “padrões”. Quero inspirar as pessoas a sair da sua zona de conforto.

 

Qual é a tua mensagem para inspirar outras pessoas/meninas?

Durante a maior parte da minha vida, senti que não era da maneira que deveria ser, e não te sentires confortável contigo mesma é um sentimento terrível. Então, a minha mensagem para outras meninas é esta:

Sê tu própria

Não tentes encaixar-te nos padrões dos meios de comunicação. Estes são, muitas vezes, enganosos ou falsos. Eu acredito, realmente, que devemos apreciar cada pessoa pelas suas características únicas. Não queremos clones.

Acredita em ti

Mesmo que não estejas naturalmente confiante, mesmo que ainda não saibas quais são suas habilidades, acredita que, com a prática e o tempo, podes alcançar os teus objectivos. Define os teus.

Ninguém nasce auto-confiante e com muitas habilidades impressionantes. Estas levam tempo para se desenvolver.

Sê proactiva. Por muito tempo, não acreditei que pudesse realizar os meus sonhos. Ultimamente, tenho notado que quanto mais energia colocar nesses sonhos, maior é a probabilidade de que eles se tornem realidade. Continua a sonhar, a acreditar e a trabalhar para realizar os teus sonhos.”

Dá- te tempo para desenvolveres as tuas habilidades

Pode ler aqui na íntegra a entrevista original.