Ericeira faz parte do calendário da World Surf League em 2021

 

Fotografia: Pedro Mestre

 

Já foi divulgado o calendário do Challenger Series de 2021, a competição que dá visibilidade à próxima geração de surf para mostrar o seu talento e tentar juntar-se à elite do surf mundial através da disputa por uma vaga no Championship Tour (CT) de 2022.

Esta temporada estará reduzida a quatro etapas, com categorias masculina e feminina que passarão pela Califórnia, Portugal, França e Hawaii. Em Portugal, a Reserva Mundial de Surf da Ericeira será o palco para que os atletas que não conseguirem confirmar a sua permanência pelo ranking do CT tenham a oportunidade de alcançarem a requalificação para a próxima temporada do Championship Tour.

a Reserva Mundial de Surf da Ericeira será o palco de uma das quatro etapas do circuito de qualificação da World Surf League

O Challenger Series 2021 começará depois da decisão dos títulos mundiais no Rip Curl WSL Finals, em Trestles, na Califórnia. O primeiro desafio desta competição da World Surf League será no US Open of Surfing, de 20 a 26 de Setembro, em Huntington Beach, na Califórnia. Depois, os atletas rumarão à Europa, com o MEO Pro Ericeira, entre os dias 2 e 10 de Outubro. Seguir-se-á o Quiksilver e Roxy Pro France, de 16 a 24 do mesmo mês, em Landes, na costa sudoeste de França. De 25 de Novembro a 7 de Dezembro decorrerá a última prova, no Hawaii, com o Haleiwa Challenger.

Os três melhores resultados de cada surfista contam para a classificação final. Por causa da pandemia Covid-19, o melhor resultado de cada surfista no WQS de 2020 também será registado.

Os atletas portugueses Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot já estão confirmados no “playoff” da Liga Mundial, que contará com 96 surfistas no quadro masculino e 64 no feminino na luta pelo acesso ao circuito principal.

os portugueses Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot juntam-se a Frederico Morais nesta competição

Vasco Ribeiro foi o primeiro classificado da Europa (entre 10 qualificados) e Teresa Bonvalot ficou em sétimo na categoria feminina, entre um total de oito atletas apuradas.

Do total de atletas que vão disputar as CS, 34 homens e 17 mulheres são oriundos do circuito principal (CT), 58 atletas masculinos e 44 atletas femininas dos circuitos de qualificação regionais, dois homens e mulheres juniores com convite e dois homens e uma mulher com “wildcards” – convites extraordinários.