“Wet Dreams” vence prémio do público do Portuguese Surf Film Festival

Portuguese Surf Film Festival 2017 - ph. PSFF

 

Fotografia: PSFF

 

Terminou anteontem à noite a 6ª edição do Portuguese Surf Film Festival, na Ericeira, com a cerimónia de entrega de prémios. Na Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, a organização distinguiu as melhores produções, entre os 23 filmes exibidos ao longo de oito dias, e “Wet Dreams” conquistou a categoria do público.

O filme “Wet Dreams”, da autoria de Pablo Garcia, sobre a vida do big wave rider Rafael Tápia e as ondas da Nazaré venceu a categoria mais interactiva deste evento cinematográfico. O Audience Award (prémio do público) tem por base as reacções e feedback do público que assistiu às curtas e longas-metragens exibidas.

Este filme, que conta a história da vida de Rafael Tapia e sua paixão por surfar as maiores ondas do mundo, teve a sua estreia mundial no circuito dos festivais no evento que terminou Sábado na Ericeira. Tanto o realizador como o surfista de ondas grandes estiveram presentes na cerimónia de entrega de prémios. Rafa Tapia, que viu o filme pela primeira vez durante a projecção do PSFF, confessou ter chorado ao ver a sua vida retratada no grande ecrã.

Portuguese Surf Film Festival 2017 - ph. PSFF

Na cerimónia de entrega de prémios foram atribuídos oito galardões distintos, aos seguinte filmes:

Ericeira Best – “Saca – o Filme de Tiago Pires”

Audience Award – “Wet Dreams”

Women in Surf Films – “Being There” (Menção Honrosa para “Blue Road”)

Best in Sustainability – “Given”

Impactful Story – “Gaza Surf Club”

Best Soundtrack – “The Church of the Open Sky”

Best Short – “Blackboy”

Best Feature Film – “Nervous Laughter”