Sociedade Columbófila da Ericeira organiza 1º Convívio da Caneja de Infundice

Convivio Caneja Infundice 2014. - ph. DR

 

Fotografia: DR

 

A Sociedade Columbófila da Ericeira, junto ao Parque das Merendas, promove no Sábado, a partir das 13 horas, o 1º Convívio da Caneja de Infundice, uma confecção gastronómica tipicamente jagoz.

A tradição da Caneja de Infundice nasce de uma lenda que é contada há várias gerações pelas gentes da Ericeira. Diz uma das versões que, certo dia, um pescador capturou uma caneja (espécie de cação) numa das suas navegações por alto mar. Assim que apanhou o animal, lavou-o com água do mar e embrulhou-o em papel de jornal. Finda a ronda de pescaria, o homem regressou a casa, esquecendo-se do pacote no barco. Passaram 15 dias desde que voltou a dar conta do embrulho e, quando retirou o papel, foi logo soprado por uma forte odor a amoníaco, que em tudo se assemelhava a urina.

O cheiro era intenso, mas enganava. O peixe não estava estragado e mantinha a sua aparente frescura. O pescador levou o pescado para casa e arriscou cozinhá-lo. O resultado foi um saboroso, e intenso, prato de caneja que, acompanhado com vinho tinto e azeite de oliva, fez as delícias do pescador. Este não resistiu à descoberta e espalhou a novidade pela vila.

Hoje a caneja continua a ser um dos pratos mais típicos e históricos da Ericeira, que, segundo corre de boca-em-boca pela vila, continua a ser uma tradição na casa dos pescadores jagozes em épocas de Inverno, quando o mar alteroso não permite grandes pescarias.

A caneja tem de passar por uma cura de uma a duas semanas, para que obtenha o forte aroma que lhe é característico, e que foi apelidado pelos pescadores de “infundice”. Habitualmente, essa cura implica que o embrulho fique num local escuro ou até mesmo debaixo da terra, para conservar o seu sabor.

Para quem desconhece esta tradição, o melhor será mesmo passar pelo convívio da Sociedade Columbófila da Ericeira e provar um pouco da história e do mar da Ericeira. As inscrições são limitadas e devem ser feitas através do contacto 966 428 794.

Convivio Caneja Infundice 2014. - ph. DR

Convivio Caneja Infundice 2014. - ph. DR