Renault Porto Pro começa amanhã

 

Fotografia: Pedro Mestre / ANSurfistas

 

A Liga MEO Surf, principal competição de Surf em Portugal onde se disputam os títulos máximos da modalidade, volta ao Porto e Matosinhos, pelo 14º ano consecutivo, já a partir de amanhã para a realização da terceira de cinco etapas.

O Renault Porto Pro vai decorrer durante os dias 17 a 19 de Maio, numa paragem tradicional e que tem habitualmente uma importância decisiva para as contas do título: a estatística dos anos 2012 a 2017 indica que o vencedor do quadro masculino do Renault Porto Pro acabou por se sagrar campeão nacional.

Para os actuais líderes do Ranking Santander masculino e feminino, Miguel Blanco e Yolanda Sequeira, que irão competir no Renault Porto Pro com o estatuto de licra encarnada Santander, a expectativa e motivação encontram-se em níveis muito elevados.

Miguel Blanco, campeão nacional em título
“Sempre gostei muito do Porto. É uma cidade linda e com boas ondas. Chegar como líder do ranking ao Porto é positivo e ter uma vitória nesta etapa seria bastante importante. Contudo, o ano é longo e ainda vai a meio. Vou encarar esta etapa a tentar dar o meu melhor. Gosto bastante de surfar nas ondas de Matosinhos e por isso estou muito feliz por lá voltar. É importantíssimo levar o surf nacional ao Norte, para tentar puxar um pouco pelo surf local e procurar que surjam cada vez mais talentos nortenhos. Condições não faltam, pois há ondas de qualidade. Por isso, esta passagem da Liga MEO Surf pelo Norte faz todo o sentido”.

Miguel Blanco – ph. Pedro Mestre / ANSurfistas

Yolanda Sequeira, vice-campeã nacional em título

“Nunca tinha estado a liderar o ranking da Liga MEO Surf, mas vou com a mesma atitude para esta etapa, a tentar mostrar o meu surf e com expectativa de conseguir mais uma vitória. Levar a licra Santander para o Algarve [onde se disputa a quarta etapa] seria um grande feito para mim. Ia ter um grande significado. O Porto é também uma etapa com muito público. Quanto mais público há, mais gosto me dá, pois mais pessoas vêem a nossa evolução. Normalmente, tenho bons resultados no Porto, é um sítio que gosto e que é especial no meu coração”.

No quadro feminino, o Renault Porto Pro contará com o regresso da campeã nacional em título, Camilla Kemp, e da campeã nacional de 2016 e 2017, Carol Henrique, ambas ausentes na etapa anterior por via de compromissos internacionais. Entre os atletas do Ericeira Surf Clube, os principais destaques vão para Tomás Fernandes e Concha Balsemão, ambos na 3ª posição dos rankings nacionais Masculino e Feminino, respectivamente.

Top 5 Santander Ranking Masculino
1 – Miguel Blanco
2 – Vasco Ribeiro
3 – Tomás Fernandes
4 – Marlon Lipke
5 – Ivo Cação

Top 5 Santander Ranking Feminino
1 – Yolanda Sequeira
2 – Teresa Bonvalot
3 – Concha Balsemão
4 – Matilde Passarinho
5 – Gabriela Dinis

Histórico de vencedores no Porto/Matosinhos:

2018 – Marlon Lipke e Teresa Bonvalot
2017 – Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot
2016 – Pedro Henrique e Carol Henrique
2015 – Frederico Morais e Carina Duarte
2014 – Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot
2013 – Frederico Morais e Teresa Bonvalot
2012 – Vasco Ribeiro e Maria Abecasis

O Renault Porto Pro será realizado entre a Praia Internacional no Porto (palco principal) e a Praia de Leça da Palmeira (palco alternativo). Esta prova contará ainda com iniciativas laterais de fotografia da Canon, workshop de pranchas da Polen Surfboards, limpezas de praia da Fundação Altice e actividades de biodiversidade e protecção dos oceanos promovidas pelo Grupo Jerónimo Martins.

Em termos de troféus laterais, acrescem a luta pela melhor manobra na Renault Expression Session, pela Somersby Onda do Outro mundo e os pontos desportivos para o Santander Award, sendo que público poderá ainda fazer as suas escolhas no Rip Curl Fantasy Surfer.