Néboa

 

Fotografia: Sérgio Oliveira

 

O final de Maio e o início de Junho na Ericeira foram marcados por dias quentes, praticamente sem vento, e temperaturas da água do mar acima da média.

A estes elementos (excepto as águas tépidas…) costuma juntar-se outro, que faz parte do Verão Jagoz no imaginário de muita gente: a neblina, que habitualmente cobre as manhãs como um manto diáfano.

“Tá néboa!”, costuma ouvir-se nestas situações durante os encontros e conversas de circunstância, numa espécie de mantra estival que poderá receber outro pregão como resposta em jeito de prece: “Isto ainda vai abrir!”.