Mafra recebe reflexão sobre resolução de conflitos familiares na Justiça

 

Fotografia: CMMafra

 

Quarta e Quinta-feira vai decorrer em Mafra a segunda edição do Congresso de Justiça Restaurativa e das Crianças na Promoção e Protecção.

Esta iniciativa, que tem como objectivo principal promover a reflexão sobre uma justiça mais inclusiva em matéria de resolução de conflitos familiares, vai reunir nos dias 30 e 31 de Outubro magistrados, mediadores, advogados, técnicos sociais, membros da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Mafra, professores, médicos, psicólogos e demais técnicos, no Pavilhão do Parque Desportivo Municipal de Mafra, sob o mote “Uma mudança radical de paradigma: do tribunal à escola e à comunidade”.

Este congresso visa, assim, reflectir sobre um modelo de intervenção efectiva e próxima do sistema familiar da criança, com recurso a equipas multidisciplinares internas e externas, bem como em articulação com as respostas sociais disponíveis, o poder local, a escola e a comunidade.

no dia inaugural do congresso realiza-se um concerto a seis órgãos no Palácio Nacional

O evento, organizado pela Câmara Municipal de Mafra, o Tribunal de Lisboa Oeste, o Juízo de Família e Menores de Mafra, a Comissão de Protecção e Promoção de Crianças em Risco de Mafra e a Santa Casa da Misericórdia de Mafra, conta com a participação de reputados oradores que irão partilhar com a audiência os seus conhecimentos e experiências – entre as temáticas abordadas, os destaques vão para as duas seguintes: o modelo de justiça restaurativa para uma resposta eficaz na promoção e protecção; o tribunal, a escola e a comunidade: uma resposta do modelo de justiça restaurativa na promoção e protecção com recurso aos meios instalados.

No dia inaugural a Câmara Municipal de Mafra vai oferecer aos participantes, e ao público em geral, um concerto a seis órgãos, agendado para a Basílica do Palácio Nacional de Mafra a partir das 21:30.

O programa completo deste congresso pode ser consultado aqui. As respectivas inscrições podem ser realizadas aqui.