Filipa Broeiro é campeã Junior da Europa em Bodyboard

Filipa Broeiro - ph. DR

 

Fotografia: DR

 

A bodyboarder do Ericeira Surf Clube Filipa Broeiro sagrou-se campeã da Europa no Eurosurf Junior 2018, disputado em Santa Cruz, batendo a restante concorrência por uma grande margem.

Na grande final, disputada Sexta-feira, Filipa totalizou 14.67 pontos em 20 possíveis, deixando a francesa Mathie Goujon em segundo lugar, a espanhola Teresa Padilla no terceiro posto e Gabrielle Taylor, das Ilhas do Canal, na quarta posição.

“Estou muito feliz com este resultado, obviamente. Não podia ser melhor, mas é uma grande mistura de emoções!… Foi uma boa final, onde estive algum tempo sem apanhar ondas, mas acabei por apanhar a minha melhor de toda a prova e com isso acabei por vencer. Obrigado a toda a selecção e boa sorte para os meus colegas das restantes categorias. Estamos confiantes!,” comentou uma sorridente Filipa.

Na competição colectiva, a prestação de Portugal não teve o mesmo sucesso: a equipa francesa conquistou o título de selecções, com 10.496 pontos, a selecção espanhola ficou em segundo, com 10.281 pontos, e a formação portuguesa fechou o pódio, ficando em terceiro lugar, com 10.203 pontos.

No início do dia final do Noah Eurosurf Junior, disputado ontem no âmbito do Santa Cruz Ocean Spirit, Portugal, Espanha e França eram as favoritas à vitória, com atletas em quase todas as modalidades, estando a selecção nacional na frente com 11 atletas no quadro principal da final.

Mas apesar de algumas excelentes performances, como a de António Dantas (vencedor da prova de Longboard Sub-18), a selecção lusa não conseguiu revalidar o título conquistado há dois anos em Marrocos.

“Foi um campeonato bem disputado. Portugal esteve à frente todos os dias da prova. Infelizmente chegámos ao último dia e não nos demos tão bem, como se poderia esperar. Houve também alguma parcialidade no julgamento, o que nos prejudicou bastante. Saímos daqui de cabeça erguida e de trabalho bem feito e acreditamos que na próxima seremos campeões de certeza”, começou por dizer João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf. “A Filipa Broeiro e o António fizeram um campeonato exemplar. Saímos daqui com dois campeões europeus, dois vice-campeões e mais uns quantos no pódio.”