Evento “Countdown” da World Surf League entre Peniche, Ericeira e Nazaré

 

Fotografia: WSL / Poullenot / Aquashot

 

Esta afirmação foi proferida por Francisco Spínola, responsável pela WSL para a Europa, África e o Médio Oriente.

Com as edições de 2020 dos circuitos mundiais de surf recentemente canceladas, devido à pandemia provocada pelo novo Coronavírus, tendo a Liga Mundial de Surf divulgado já o calendário para 2021 – que inclui a etapa de Peniche, em Fevereiro -, fica assim em aberto a possibilidade de a Ericeira receber um evento especial ainda este ano.

Relembre-se que estava prevista a realização na praia de Ribeira d’Ilhas, entre os dias 22 e 27 de Setembro, do EDP Billabong Pro Ericeira, etapa Challenger Series do circuito mundial de qualificação de surf.

existem alguns dados relativamente seguros entre toda esta indefinição

Os “Countdown” estão desenhados como eventos regionais de exibição de pré-temporada. A propósito de uma destas provas, sem público, que se irá realizar em Setembro no nosso país, Francisco Spínola declarou que o respectivo local de realização ainda não se encontra definido, sendo posteriormente escolhido “em função das condições, sendo certo que o ‘triângulo dourado’ (Peniche, Ericeira e Nazaré) tem os locais privilegiados” para esta prova desportiva, não se podendo também adiantar nesta altura os nomes dos surfistas presentes devido às actuais restrições às viagens que se verificam por todo o mundo.

Apesar do cancelamento dos circuitos e da simultânea alteração nos moldes dos calendários da WSL, existem já alguns dados seguros (se é que tal se pode garantir, no actual contexto pandémico, face ao receio de posteriores vagas de surtos de Covid-19…) no meio de toda esta indefinição.

A WSL prevê antecipar o arranque dos circuitos do próximo ano, ainda em 2020, no Havai, com uma etapa feminina, em Novembro, em Maui, e uma masculina, em Oahu, ambas ainda sujeitas a aprovação pelos responsáveis locais.

Ribeira d’Ilhas – ph. DR

Seguir-se-á depois um novo formato competitivo, com 10 campeonatos masculinos e femininos, culminando com a disputa dos títulos mundiais nas WSL Finals, em Dezembro de 2021, para os cinco primeiros de cada ‘ranking’, em local a determinar.

Os circuitos de qualificação também vão sofrer alterações de calendário, com o QS a ser disputado até Junho de 2021, servindo de apuramento para o circuito intermédio, o Challenger Series, a disputar entre Agosto e Dezembro.

Já para 2022, a WSL pretende restringir para metade o número de participantes nas etapas dos circuitos principais, de 36 para 18 nos homens e de 24 para 12 nas mulheres, com uma selecção a meio da temporada.

O calendário provisório do circuito mundial de surf WSL para 2021 é o seguinte:

Billabong Pipe Masters, Havai (08/12 a 20/12).
Meo Pro Peniche, Portugal (18/02 a 28/02).
Snapper Rocks, Gold Coast, Austrália (18/03 a 28/03).
Rip Curl Pro Bells Beach, Victoria, Austrália (01/04 a 11/04).
Margaret River, Austrália (16/04 a 26/04).
Oi Rio Pro Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil (20/05 a 29/05).
Surf Ranch, Lemoore, Califórnia, Estados Unidos (10/06 a 13/06).
Quiksilver Pro G-Land, Indonésia (20/06 a 29/06).
Supertubes, Jeffreys Bay, África do Sul (07/08 a 19/08).
Teahupo’o, Tahiti (26/08 a 06/09).

As Finals serão disputadas em local a determinar entre 8 e 16 de Dezembro de 2021.