Ericeira Surf Clube é Campeão Absoluto da Taça de Portugal de Surfing 2018

Taça de Portugal Surfing 2018 - ph. DR

 

Fotografia: DR

 

O Ericeira Surf Clube (ESC) fez História ao sagrar-se Campeão Absoluto da edição 2018 da Taça de Portugal de Surfing, que terminou ontem na praia da Foz do Lizandro.

A discussão entre ESC, Aqua Carca (Aqua) e Associação de Surf da Costa de Caparica (ASCC) esteve acesa até às últimas finais, mas o clube local acabaria por conquistar um título inédito na primeira vez em que organizou a “prova rainha” do calendário do surf nacional. De lembrar que em 2016 o Ericeira Surf Clube ficara no 3º lugar do pódio e que em 2017 ascendera a vice-campeão da Taça.

O Ericeira Surf Clube terminou a prova no topo com 10.291 pontos, enquanto o Aqua ficou na 2ª posição com 9.811 e a ASCC fechou o pódio com 9.488 pontos. Miguel Barata de Almeida, Presidente do Ericeira Surf Clube, assumiu que ser o Clube Campeão Absoluto de Portugal era “o maior sonho de todos” desde que assumiu os destinos do ESC há seis anos. E a vitória foi ainda mais saborosa por chegar no ano em que o Clube jagoz celebra 25 anos de existência.

Antes dos agradecimentos (aos atletas e respectivos pais e treinadores, bem como a todas a entidades envolvidas), Miguel Barata de Almeida, que não escapou ao “banho de consagração”, declarou ainda que “o factor casa foi importante”, mas que o ESC também se empenhou muito em organizar a equipa com o objectivo de conquistar o título máximo entre clubes.

ser o Clube Campeão Absoluto de Portugal era o maior sonho de todos

Ao título mais desejado pelos clubes nacionais o ESC somou ainda outro troféu colectivo (Surf) e 3 títulos individuais: Afonso Antunes (Surf Cadete); Gabriel Ribeiro (Surf Júnior) e Marta Leitão (Bodyboard Sénior Feminino).

Merecem ainda destaque Aqua Carca, que venceu o título colectivo de Bodyboard e 4 títulos individuais (Lourenço Sousa – Surf Juvenil; Pedro Ferreira – Bodyboard Cadete; João Ferreira – Bodyboard Júnior; e Madalena Padrela – Bodyboard Júnior Feminino), bem como Surfing Clube de Portugal, que dominou colectiva e individualmente no Longboard: nesta modalidade fez o pleno, com as vitórias de António Dantas e João Gama, respectivamente nas categorias Júnior e Sénior.

Entre os dias 5 e 9 de Setembro, 17 Clubes e 295 Atletas competiram em três modalidades de ondas (Surf, Bodyboard e Longboard), disputando 4 títulos colectivos e 14 títulos individuais. As contas finais desta edição da Taça de Portugal de Surfing são as seguintes:

TÍTULOS COLECTIVOS

CLUBE CAMPEÃO ABSOLUTO – Ericeira Surf Clube
CLUBE CAMPEÃO SURF – Ericeira Surf Clube
CLUBE CAMPEÃO BODYBOARD – Aqua Carca
CLUBE CAMPEÃO LONGBOARD – Surfing Clube de Portugal

TÍTULOS INDIVIDUAIS

SURF
JUVENIL – Lourenço Sousa (Aqua Carca)
CADETE – Afonso Antunes (Ericeira Surf Clube)
JÚNIOR – Gabriel Ribeiro (Ericeira Surf Clube)
SÉNIOR – Luís Perloiro (Clube Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos)
JÚNIOR FEMININO – Mafalda Lopes (Associação de Surf da Costa de Caparica)
SÉNIOR FEMININO – Inês Bispo (Associação de Surf da Costa de Caparica)

BODYBOARD
JUVENIL – Joel Rodrigues (Clube Naval Povoense)
CADETE – Pedro Ferreira (Aqua Carca)
JÚNIOR – João Ferreira (Aqua Carca)
SÉNIOR – Daniel Fonseca (Peniche Surfing Clube)
JÚNIOR FEMININO – Madalena Padrela (Aqua Carca)
SÉNIOR FEMININO – Marta Leitão (Ericeira Surf Clube)

LONGBOARD
JÚNIOR – António Dantas (Surfing Clube Portugal)
SÉNIOR – João Gama (Surfing Clube Portugal)

Até para ano: em 2019 a Taça de Portugal de Surfing vai voltar a realizar-se na Ericeira, onde o ESC procurará certamente revalidar o título!!