Distinguida a qualidade balnear da Ericeira e do Concelho de Mafra

 

Fotografia: DR

 

Cinco praias da Ericeira ou do concelho de Mafra viram recentemente a sua qualidade balnear reconhecida mais uma vez.

Baleia (ou Sul), Algodio (ou Norte), Foz do Lizandro, São Lourenço e Porto da Calada foram as praias distinguidas pelo Programa Bandeira Azul.

O Município de Mafra foi por isso galardoado com cinco certificados, em resultado do número de anos consecutivos (em múltiplos de cinco em cinco anos) de Bandeira Azul hasteada nestas praias do Concelho: São Lourenço (20 anos), Foz do Lizandro (15 anos), Baleia ou Sul (10 anos), Porto da Calada (5 anos) e Algodio (5 anos).

Estes certificados foram atribuídos pela Coordenação Internacional do Programa Bandeira Azul e entregues durante o respectivo VI Seminário Nacional.

Recorde-se que este ano o concelho de Mafra manteve seis praias galardoadas com Bandeira Azul: três localizam-se na freguesia da Ericeira, uma na freguesia da Carvoeira, uma na freguesia de Santo Isidoro e outra ainda na freguesia da Encarnação. As praias com este símbolo da qualidade ambiental e segurança balnear são a Foz do Lizandro (mar) na Carvoeira; Baleia, Algodio e Ribeira d’Ilhas na Ericeira; São Lourenço em Santo Isidoro e Calada na Encarnação.

Por outro lado, e também este ano, as praias do Algodio, Baleia, Coxos, Foz do Lizandro – Mar, Ribeira (ou Pescadores), São Lourenço, Ribeira d’Ilhas e Porto da Calada foram distinguidas com a classificação Qualidade de Ouro 2019, atribuída pela Quercus.

Esta avaliação efectuada pela Quercus não envolveu qualquer processo de candidatura, baseando-se apenas na qualidade da água das praias, incluindo todas as águas balneares. A informação utilizada é a informação pública oficial disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente, tendo apenas em consideração as análises efectuadas nos laboratórios das diferentes Administrações Regionais Hidrográficas.

Em 2019, entre os critérios respeitados para receber a classificação de praia com qualidade de ouro, a água balnear teve de apresentar uma qualidade da água excelente ao longo das últimas quatro épocas balneares de 2014 a 2017.