Dia Nacional das Linhas de Torres comemorado com actividades culturais

 

Fotografia: CMMafra

 

O Dia Nacional das Linhas de Torres vai ser celebrado já a partir de Domingo em Mafra e nos vários municípios que integram a Rota Histórica das Linhas de Torres.

Criado em 2014 com o objectivo de homenagear a memória e resistência do povo português, aliada à estratégia e engenharia militar, durante a 3ª Invasão Francesa, a escolha do dia 20 de Outubro reveste um carácter simbólico: foi nesse dia, em 1809, que Lord Wellington redigiu o memorando no qual expôs a sua estratégia de defesa da cidade de Lisboa, ordenando a construção das Linhas de Torres Vedras.

as fortificações atravessaram as freguesias de Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira

Lord Wellington, militar e político britânico, entregou um memorando ao engenheiro militar Richard Fletcher, ordenando o reconhecimento do terreno e posterior fortificação dos pontos mais convenientes e defensáveis a Norte de Lisboa. Mais tarde, as fortificações provisórias, erguidas com o recurso à força de trabalho de cerca de 150 mil portugueses, atravessaram as freguesias de Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

Em Mafra esta efeméride vai ser comemorada no âmbito do ciclo “Contos com História dentro”, com a leitura do conto “Ficaram a Ver Navios” no Centro de Interpretação das Linhas de Torres – junto ao Posto de Turismo.

Este conto inédito de Carla Santos, concebido exclusivamente para esta efeméride, onde aos factos históricos relativos às Invasões Francesas se alia uma pitada de humor e muita imaginação, vai ser apresentado em duas datas: a 20 de Outubro (Domingo) às 10:30 e no dia 9 de Novembro (Sábado) às 15 horas.

Tudo começou assim: Je suis Napoleon…
E catrapum! Começaram as invasões francesas.
Por cá reinava uma rainha com a cabeça fora da casinha. Deixando, ao seu bondoso filho João, difíceis decisões de tomar.
Para o poder não perder, à retirada estratégica teve de recorrer.
Mas que alvoroço, mas que grande confusão… baús, bagagens de mão!
E os franceses?
Esses? Esses, ficaram a ver navios.

As inscrições, de carácter gratuito, devem ser realizadas em www.cm-mafra.pt. Mais informações podem ser obtidas no Complexo Cultural Quinta da Raposa, em Mafra – telefone: 261 819 711 | e-mail: arqueopedagogia@cm-mafra.pt.

No concelho vizinho de Torres Vedras irá realizar-se, nesse mesmo dia 20 de Outubro, uma actividade que pretende dar a conhecer a história das Linhas de Torres Vedras. O programa comemorativo tem início às 10 horas, no Museu Municipal Leonel Trindade, e prolonga-se durante a manhã, incluindo uma visita ao Forte de São Vicente. Será disponibilizado transporte gratuito entre os dois locais da iniciativa.

Nesta actividade, os adultos serão convidados a conhecer o património, enquanto as crianças metem as “mãos na massa”, numa actividade bem mais divertida.

É possível realizar inscrições e obter mais informações pelos seguintes contactos: 261 310 484 | museu.servico.educativo@cm-tvedras.pt.