Ano Internacional do Entendimento Global em debate na Ericeira

Mãos - ph. DR

 

Fotografia: DR

 

A conferência “Entendimento Global: uma condição humana essencial”, que terá lugar amanhã a partir das 15 horas no auditório da Casa da Cultura da Ericeira, pretende reflectir sobre como é possível agir localmente e pensar globalmente, no âmbito da proclamação de 2016 como o Ano Internacional do Entendimento Global.

Este encontro, promovido pelo Instituto de Cultura Europeia e Atlântica (ICEA), será protagonizado por Elisabeth Silva, responsável pelo Sector das Ciências da Comissão Nacional da UNESCO, instituição que pretende promover este ano “uma compreensão profunda, ainda que prática, da maneira como todos os povos podem conviver de forma mais sustentável.”

A iniciativa conta também com a participação de Anabela Almeida, coordenadora do projecto Eco-Escolas do Agrupamento de Escolas da Ericeira, iniciativa internacional, desenvolvida em Portugal desde 1996 que tem como objectivo encorajar acções e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola sobre Educação Ambiental para a Sustentabilidade.