ADN Salgado

 

Fotografia: Cátia Alpedrinha Caetano

 

A exposição fotográfica “Retratos em Família”, cuja fase inicial foi inaugurada no início deste mês, junta várias famílias da Ericeira ligadas ao surf e à pesca, duas actividades essenciais ao ADN jagoz. Entre os rostos fotografados por Cátia Alpedrinha Caetano serão os da família Gramanha (na foto de destaque) que melhor personificam esta comunhão abençoada pelo mar salgado: bastará lembrar que, enquanto o “filho” Pedro é  há vários anos um dos mais respeitados shapers locais, o “avô” Henrique representou a comunidade piscatória na cerimónia de consagração da Ericeira como Reserva Mundial de Surf, em 2011.

Nessa ocasião, num peculiar estilo feito de frases rimadas, Henrique Gramanha desenhou a ponte da tradição marítima jagoz, desde os pescadores aos surfistas, notando que, ao aproveitarem a energia das ondas para regressarem à praia nas suas embarcações, os pescadores terão sido os primeiros surfistas da Ericeira. Uma simbiose captada nas 15 fotografias que aqui apresentamos e que podem ser apreciadas em grande formato no centro da Ericeira.

A fase complementar desta mostra fotográfica (que apresentará um acréscimo de obras) tem início marcado para o dia 22 de Julho, devendo prolongar-se até ao final de Setembro.

Esta publicação também está disponível em | This article is also available in: Inglês